Scheda del calciatore

Luis Carlos ToffoliLuis Carlos TOFFOLI
Ruolo: attaccante
Nato il 07/03/1964
a Porto Alegre (BRA)
 

StagioneSquadraSeriePres.RetiNote
1994/1995Ponte Preta    
1994/1995Fluminense    
1993/1994Atletico MineiroA   
1993/1994LecceA50 
1992/1993FlamengoA   
1991/1992FlamengoA   
1990/1991FlamengoA   
1989/1990FlamengoA   
1988/1989PalmeirasA   
Partite disputate nel Lecce:
1993/1994Serie ALecce - Genoa0-0     Sostituzione out
1993/1994Coppa ItaliaUdinese - Lecce2-0      
1993/1994Serie AUdinese - Lecce2-1    Sostituzione in 
1993/1994Serie APiacenza - Lecce2-1      
1993/1994Serie ASampdoria - Lecce2-1    Sostituzione in 
1993/1994Serie ALecce - Foggia0-2      
Il suo bilancio in maglia giallorossa:
 partiteminutiGolAutogolAmmonizioneEspulsione
Serie A5300    
Serie B      
Altre serie      
Tot. Campionato5300    
Coppa Italia190    
Note biografiche, commenti, curiosità
"Ídolo do Flamengo, o ex-atacante Gaúcho morreu nesta quinta-feira (17) aos 52 anos, vítima de um câncer de próstata.
A morte aconteceu por volta das 19h, em São Paulo. O enterro acontecerá na próxima semana, em Goiânia.
Nascido em Canoas (RS), Luís Carlos Toffoli, o Gaúcho, foi revelado na Gávea, em 1982. Em seguida, deixou o rubro-negro carioca para atuar por XV de Piracicaba, Grêmio, Verdy Kawasaki (JAP), Santo André e Palmeiras.
Com boa passagem pelo alviverde de Parque Antárctica, o jogador é lembrado por ter defendido dois pênaltis contra o Flamengo, pela Copa União de 1988. Naquele jogo, o centroavante precisou substituir o goleiro palmeirense Zetti, após ele se lesionar depois de todas as substituições já terem sido realizadas.
Em 1990, Gaúcho retornou ao Flamengo. Em seu melhor momento da carreira, ajudou o clube a conquistar o Copa do Brasil de 1990, o Estadual do Rio de 1991 e o Brasileiro de 1992. Ao todo, disputou 200 jogos pelo rubro-negro e marcou 98 vezes.
Depois do Flamengo, jogou ainda por Lecce (ITA), Boca Juniors (ARG), Atlético-MG, Ponte Preta, Fluminense e Anápolis, onde encerrou a carreira em 1996.
Gaúcho também foi técnico, dirigindo Mixto-MT e Luverdense-GO entre 2010 e 2011." (Folha de S. Paulo, 17/03/2016 - http://www1.folha.uol.com.br/esporte/2016/03/1751277-ex-flamengo-e-palmeiras-gaucho-morre-aos-52-anos-vitima-de-cancer.shtml)